Viva São João
Viva o milho verde
Viva São João
Viva o brilho verde
Viva São João
Das matas de Oxóssi
Viva São João


Gil e Caetano
Próximos eventos

  Vídeo

Vídeo

Festa da cultura nordestina

Acompanhe imagens do show de Gilberto Gil em Salgueiro (PE)

Dia de homenagens e procissões a São Pedro

Campina Grande (PB) X Caruaru (PE), o duelo em números

No fogo cruzado das Espadas de São João, em Senhor do Bonfim (BA)

São João em Arcoverde (PE) rende belas imagens

Escola no Rio resgata danças folclóricas em festa junina

PROCON PE lança cartilha especial para o São João

Bandas de pífano animam feira municipal em Aracaju (SE)

Dominguinhos ganha homenagem e Gil faz aniversário em Jequié (BA)

São João em Caruaru dá espaço ao axé

Circuto Off-São João no Recife

Quadrilhas movimentam economia de Sobral (CE)

Rei do Baião ganha cartilha sobre vida e obra

Ônibus do ritmo

Forró e casamento

Causa nobre

São João/ Pura tradição

Família Salu comanda arraial na Casa da Rabeca

Festa Junina do Clube Pinheiros apresenta Zezé Di Camargo e Luciano e mais 18 atrações artísticas

Espadas de São João iluminam Cruz das Almas (BA)

Bacamartes fazem salvas aos santos em Caruaru

Em SP, quermesses e festas juninas são opções baratas de diversão

A pátria de chuteiras para o arrasta-pé

Campina Grande: de braços abertos para receber os amantes do forró

Começou a circular... a Marinete do Forró!

Em Cabaceiras (PB), o bode é o rei!

"Fé na festa", novo disco de Gil, é bem recebido pela crítica

Show pirotécnico marca noite na Festa Junina de Caruarú

Notícias 2012
Notícias 2011
 

Escola no Rio resgata danças folclóricas em festa junina

Por Eduardo Frota

No Rio de Janeiro, onde boa parte das tradicionais festas juninas vêm perdendo a identidade, há quem tente resgatar cada vez mais as tradições culturais e folclóricas das nossas danças. Por isso, na Escola Edem, no bairro das Laranjeiras, os festejos incluem um verdadeiro panorama de ritmos pouco conhecidos pelos brasileiros.



Sob o tema "O Brasil que o Brasil não conhece", além da quadrilha, alunos, ex-alunos e até funcionários vão dançar siriá, balainha, bacuriá e outras manifestações tipicamente brasileiras. O professor de música da escola, Gustavo Destord, é o responsável pela pesquisa dos ritmos a serem apresentados. Ele criou um blog que explica as origens de cada dança.



Além de arrastar o pé, a criançada também põe a mão na massa. Todos os figurinos e adereços são confeccionados pelos próprios alunos, com a ajuda dos pais, durante oficinas realizadas na escola.

A festa acontece neste sábado, dia 26, a apartir das 14h. Os ingressos custam R$ 10 antecipado e R$ 15 na hora. A Escola Edem fica na Rua Gago Coutinho, número 14.




Texto: Eduardo Frota / contato@circuitosaojoao.com.br
Fotos: Divulgação/ Cristina David


24.06.2010

 

Busca
Deixe seu e-mail para receber notícias